quinta-feira, 31 de maio de 2012

Para sempre, AMIGAS!!



Hoje eu gostaria de ter feito a maior festa, a maior algazarra logo de manhã e ter secado a boca de tanto soprar balões. Mas, a gente se mete em cada furada ao longo da vida... A gente arruma um emprego, passa no vestibular, enfim, acaba ficando sem todo o tempo do mundo para surpresinhas e comemorações, assim como a gente pensava que sempre teria! [Ninguém escapa.] No entanto, passar em branco não poderia, quero ver esta data passar em mais cores do que aquela maquiagem 3D que está super na moda atualmente!  =D
Minha amiga, por tudo que já vivemos juntas eu não poderia deixar de te dedicar umas palavras, te lembrando do quanto que você é especial e importante para mim. Do quanto que senti a tua falta, do quanto que tive medo de não mais nos encontrarmos em maio, setembro, agosto e novembro (risos)... Do quanto que aprendi com você e sem você também, do quanto que eu te amo!!!!!
Quero que teus dias sejam vividos da melhor maneira, com música, coraçõezinhos para enfeitar, abraços, amores e que seja para sempre como aquele desenho da gente rodando em meio às borboletas. Dor a gente sabe que existe, mas que seja apenas para embelezar ainda mais a poesia que é a vida.

FELIZ ANIVERSÁRIO!
(Lau) =)

quinta-feira, 17 de maio de 2012

"Desabafos"

Andei perdendo a sensibilidade nesses últimos tempos. Sem querer, passava e não via mais flores, não sentia perfume, não tocava o vento e nem sentia o gostinho doce de romance no portão... Ainda continuo em uma fase distante dessas coisas boas... Mas hoje, depois de meses sem postar uma gotinha de poesia sequer, voltei tentando ao menos movimentar esse espacinho tão meu, que tanto esquecido andou. No entanto, só consegui derramar uns "desabafos" sobre o papel, [estou tentando me reconstruir ainda que com muita dificuldade], voltar a ser sensível num mundo em que muito se respira insensibilidade não é tão fácil assim, enfim...
Segue um emaranhado de coisas que têm feito parte das minhas manhãs.



     "Seis da manhã. O celular não cansa de vibrar com esse alarme que me faz ter raiva da Corinne Bailey. Por que não ir à praia? Metade do mês de maio e ainda tenho que usar óculos escuros às sete da manhã. Isso me dá medo. Chego ao trabalho e... Acho que vou pegar minhas tintas e pintar um sorriso no meu rosto. [Devo estar com a cara do Garfield.]
     Meu namorado já não me manda mensagem há meses, meus amigos andam cobrando a minha presença e a minha mãe, sem culpa, deu pra perguntar se estou zangada. Pior, outro dia ela me perguntou se estou grávida, por que enjoei de macarrão, biscoito e carne. Coisas da vida.
     É que os dias têm ficado sem graça mesmo. Sinto falta da adrenalina. Resumo da semana: Trabalho, faculdade, trabalho, trabalho, trabalho, faculdade, faculdade e trabalho. Ufa... Resumo do fim de semana: Trabalho de faculdade, trabalho de faculdade, trabalho de faculdade e uns beijinhos pra compensar quando dá tempo. Ultimamente a maior adrenalina que estou sentindo é quando deixo os trabalhos para a última hora e corro para conseguir entregar no prazo.
     Eu só queria me desprender dessas coisas... Outro dia até gostei de ter ficado doente [sei que não devia dizer isso] só para não ter que ir ver a cara da professora dizendo que estamos apáticos e perguntando se o problema é a sua aula que não está muito produtiva. Bom, tudo o que eu tenho pedido são aulas nada produtivas pra que ninguém fique me perguntando nada sobre assunto nenhum.
     Quando as manchas no meu rosto começarem a sumir, vai chegando o final do semestre aí só piora, nem gasto mais dinheiro com médico pra não ter que ouvir que preciso relaxar. É difícil relaxar sem ganhar salário de médico. [Fato].
     Bom, e por falar em sol de fim de tarde, passeio no parque de mãos dadas, sorrisos com os amigos, rodinha de violão com várias do Raul, textos românticos, brigadeiro, mimos, filme de comédia em baixo do cobertor e... Olha o celular vibrando! Seis da manhã. [Essa parte era só um sonho.]"

Por: Laiana Vieira, em: 16 de maio de 2012.

domingo, 18 de dezembro de 2011

A poesia que vejo em você

Amamos uma pessoa pela poesia que vemos escrita no seu corpo.”*
E eu te amo por que posso ler as coisas mais bonitas do mundo, as quais estão desenhadas aí em cada traço teu, em cada parte do teu rosto, em cada curva de teu corpo.
Por que a delicadeza das palavras que saltam e dançam fazendo festa para os meus olhos me comovem e me tocam de tal maneira que não tenho vontade de te ter longe nem por um instante.
Eu te amo simplesmente por que quando olho nos teus olhos posso ver felicidade nos meus.
[Laiana Vieira]
*Recomendo a leitura de: DO UNIVERSO À JABUTICABA- Rubem Alves. Lindooo!!!!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011


E com você eu sou mais livre do que se eu não tivesse o teu coração pra me prender.
Obrigada por me deixar ficar, viu!?
[Lai Vieira]

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Amigas, mães, filhas


Ela chegou de malas prontas e sem avisar, perguntando se podia me fazer companhia. Sorri e fiz que ‘sim’ com a cabeça.
Dentro de sua mala havia uns planos para o dia de amanhã e ela dividiu comigo. Acabei dividindo o meu lanche e concordamos em detonar uma caixa inteirinha de pés-de-moleque quando saíssemos de lá. Estávamos num lugar onde, infelizmente, não adotamos como nossa casa, mas ela me adotou como filha e eu a adotei como filha também! E fomos criando laços tão firmes que resisitiram a temporais, a fogo e até às nossas diferenças e escolhas opostas.
Ela sempre me apoiou com firmeza, me dando colo quando precisei... Eu tentei fazer o mesmo, mas por ela ser um pouco maior e mais pesada do que eu, por vezes não consegui, mas ofereci todo o carinho que tinha no coração e umas palavras que consegui juntar. Aceitando de bom grado, me agradeceu como se nunca tivesse recebido isso na vida. Bobagem! Ela é rodeada de amores sinceros e palavras bonitas para aquecer o coração.
O nosso encontro foi manso, leve e ao mesmo tempo muito intenso e verdadeiro... De repente me vi compartilhando momentos que ficarão gravados na memória por toda a minha vida.
Foi aquela moça de olhar sincero que segurou a minha mão para que eu passasse por lugares tão carregados de obstáculos, os quais me fizeram pensar se era por ali que eu deveria mesmo passar. Ela subitamente apagou a nuvenzinha de pensamento que pousava sobre minha cabeça e disse: Vamos em frente, eu estou com você!
E isso soou tão forte que fui aos poucos preenchendo o vazio que o medo me causou e atravessando aquele mar hostil e inseguro com mais esperança de que conseguiria.
Por tudo isso e mais um monte de coisas, mãezinha, é que hoje eu quero te agradecer. Só agradecer!
Agradecer por me ajudar a construir uma história cheia de momentos bons ainda que ao redor eu encontre tanta dificuldade. Agradecer também por me dar a mão quando preciso e por ser minha companheira nas tardes de sol e chuva, frio e calor que precisamos enfrentar. Obrigada por dividir teus momentos comigo e por me deixar fazer parte deles.
Beijo, de quem te ama muito além do que possa [a]parecer.

-LAIANA VIEIRA-

[A música que uso para ilustrar chama "Valeu Amigo" de MC Pikeno e Menor kkkkkkkkk... Tem tudo a ver..]
Eu ouvi palavras ditas com carinho
De que na vida ninguém é feliz sozinho
E você é um alguém que sempre me fez bem
Me protegeu e me tirou de todo perigo
E quando eu precisei você chorou comigo
Valeu por você existir, é tão bom te ter aqui
Eu rezo e peço pra Deus cuidar
A sua vida abençoar
Vou correr Por você até o fim
Me quis tirar do mal, eu percebi
Disse verdades que eu mereci
Então pra sempre amigos, sim
Se Deus quiser!
...
Vou ter você guardado no meu coração
Quando todos se forem, eu vou estar lá com você, amigos até depois do fim!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

"Pra você guardei o amor"

     Tu nem imaginas quantas foram as noites que dormi pensando em meu riso sendo motivado por uma gracinha tua.
Nem imaginas quantos foram os beijos e abraços que deixei de distribuir por considerar insuficiente qualquer afeto e calor para aquecer e preencher o espaço vazio instalado no meu peito. Espaço que aumentava a cada partida tua, a cada dia sem a presença de um sinal que me provasse qualquer coisa sobre nós dois.
Nem sabes como andava o meu coração quando sonhava em te escrever umas coisinhas que te fizessem dar risada e brilhar os olhos, encantados com meus sentimentos simples e sinceros
Eu até pensava em te esquecer, ainda bem que não consegui.
Você prestou atenção em meus olhos bem a tempo de me fazer feliz.

Foi para você que eu guardei o meu amor durante anos. Obrigada por merecer isso...

Laiana Vieira.


"Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir...
Pra você guardei o amor
Que sempre quis mostrar
O amor que vive em mim vem visitar
Sorrir, vem colorir solar
Vem esquentar
E permitir...
...
Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar..."
[Nando Reis]

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

JÁ NÃO ME PREOCUPO EM OLHAR AO REDOR... 
...INTERESSA-ME MUITO MAIS DIMINUIR A DISTÂNCIA ENTRE OS NOSSOS OLHOS.

[Laiana Vieira] 10/10/11

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

PAUSA PARA UM AGRADECIMENTO

Agradeço a você, meu anjo em formato de gente, por me acompanhar por essas estradas tortuosas, sempre me dando forças para seguir em frente...
                                      
Você me trás tanta paz, tanta paz... E o que posso te dar numa semana tão corrida? Só uma pausa para um agradecimento!
Amo você.

Contigo ao lado a estrada fica diferente.
[Lai Vieira]

quinta-feira, 14 de julho de 2011

O que tem pra amanhã?


Vamos quebrar nossos cofres e juntar uma grana, comprar umas passagens pra algum lugar legal e sorrir para as inúmeras fotografias que pretendo tirar pra mostrar pros nossos pais... Depois a gente pede pra alguém fotografar nossos beijos em volta das paisagens que encontrarmos pelos caminhos.
Vamos nos amar sem hora marcada ou lugar fixo e abusar dos beijos carregados de ternura... Que a paixão perdure também, pra nos fazer cometer loucuras.
Vamos nos divertir de madrugada e depois dormir sob o mesmo cobertor ao som de algum blues ou músicas românticas do passado. “E quando for a hora de acordar a gente bate no despertador e vai dormir de novo”. Isso aos domingos!
De dia a gente inventa alguma coisa pra comer, o que não vai faltar é criatividade. Temos um telefone pro caso de não dar certo nossas invenções. Pizza é bom que todo mundo gosta.
E quando virem as brigas você precisa me prometer que faremos as pazes antes de dormir. Não quero ter que voltar a me apegar aos ursinhos de pelúcia que você me deu. Além do mais, não quero te mandar ir dormir no sofá que era da sua mãe, em meio àqueles móveis que você cismou de trazer da casa da sua avó.
Marquei no calendário as nossas datas especiais pro caso de nossas perdas de memória. Assim é mais fácil. Só não esquece de olhar o calendário!
Vamos aproveitar o que tem pra hoje e antes de dormir pensar uns planos pra amanhã. E quando o amanhã chegar a gente brinca de viver tudo de novo, como se fosse a primeira vez.
No mais, é isso.  Se concordar, vem comigo! Não esquece a chave... E o violão!
 [Laiana Vieira]
Curte a música
video

Somewhere Over The Rainbow (Em algum lugar além do arco-íris) Israel Kamakawiwo'ole

Veja a tradução aqui