quinta-feira, 20 de outubro de 2011

"Pra você guardei o amor"

     Tu nem imaginas quantas foram as noites que dormi pensando em meu riso sendo motivado por uma gracinha tua.
Nem imaginas quantos foram os beijos e abraços que deixei de distribuir por considerar insuficiente qualquer afeto e calor para aquecer e preencher o espaço vazio instalado no meu peito. Espaço que aumentava a cada partida tua, a cada dia sem a presença de um sinal que me provasse qualquer coisa sobre nós dois.
Nem sabes como andava o meu coração quando sonhava em te escrever umas coisinhas que te fizessem dar risada e brilhar os olhos, encantados com meus sentimentos simples e sinceros
Eu até pensava em te esquecer, ainda bem que não consegui.
Você prestou atenção em meus olhos bem a tempo de me fazer feliz.

Foi para você que eu guardei o meu amor durante anos. Obrigada por merecer isso...

Laiana Vieira.


"Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir...
Pra você guardei o amor
Que sempre quis mostrar
O amor que vive em mim vem visitar
Sorrir, vem colorir solar
Vem esquentar
E permitir...
...
Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar..."
[Nando Reis]

2 comentários:

Decca disse...

Q lindo mãe!!! O melhor de td é q é um conto de fadas da realidade! Deus abençoe esse amor! E abençoe o seu talento, a sua capacidade de colocar no papel seus sentimentos materializados pelas palavras.
Sucesso! Parabéns viu?!
Continua...

C.A disse...

Que lindo o teu amor expressado em palavras. Afinal, lindas palavras.

consegue de um jeito simples expressar todo teu sentimento.
Parabens. Adoro teus textos