quinta-feira, 1 de julho de 2010

Perdoa se chorei


Perdoa se chorei,
Mas é que não consegui segurar.
O teu cheiro já estava no meu corpo;
O teu riso, fotografado em minha mente;
Os teus olhos fixos em meu olhar...


Perdoa se chorei, amor!
É que paixão me deixa assim:
À flor da pele.
A tua boca tão próxima da minha;
E teu carinho derramado sobre mim.



Naquele momento eu não tinha muito o que falar.
Quando chorei não pensei nas flores...
Nem nas dores...
Na verdade, pensei no vazio que você estava prestes a deixar.


(Laiana Vieira)

2 comentários:

Jân Bispo disse...

Estavamos inspirados, linda sua poesia, lindas palavras que expressaram tão bem sentimentos, parabéns!

Decca disse...

Que linda poesia amiga!!!
"O teu riso, fotografado em minha mente; Os teus olhos fixos em meu olhar..."
Que perfeito!
Fiquei me imaginando, tentando fotografar um riso na mente.
Muito lindo!
Parabéns!
Você broca! ²