quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Hoje eu só queria sair um pouco...

As vezes me sinto como um passarinho...
Passarinho preso na gaiola foi o que eu quis dizer!
Que tenta se acostumar com o pouco espaço em que vive,
Mas que sonha em voar bem alto,
Sonha em conhecer a outra parte do mundo.
***
Hoje sinto vontade de sair um pouco...
Ver a Lua, sentir o cheiro da noite...
Mas está tudo tão cheio lá fora,
Cheio de pessoas que sentem prazer em impedir a nossa diversão,
Cheio de prédios intermináveis que ofuscam a nossa visão.
Cheio demais.
Não sobra espaço.
***
Hoje, vejo a Lua através de um monitor,
Sinto o cheiro da noite em volta da minha janela.
Não tem graça!
Hoje eu só queria sair um pouco.
É, queria.


(Laiana Vieira)

Um comentário:

J.B disse...

E enfim temos o prazer de te ter de volta! amo lêr-te... sei que sabes mais reafirmo amo mesmo! rs

Nossa me vi nessa crônica poetica, eu as vezes queria sair um pouco, sair de mim mesmo, fugir de certas mesmices, e de problemas interminaveis, queria sentir o vento no rosto, o frio da noite e vê a lua serena e plena na frente de uma praia se possivel deserta!


e então quer me fazer companhia! eu iria adorar! rs beijosssss...