quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Palavras e Silêncio

Quando todos querem me ouvir
Eu me calo!
Nada intencional,
Talvez, um bloqueio a ser quebrado.
Mas acho que as minhas palavras desordenadas e sem jeito
Não falam tudo o que os outros esperam ouvir...
Mas eu falo... Falo muito!
Falo tudo o que penso,
É só prestar atenção em meus olhos.




(Laiana Vieira).

2 comentários:

J.B disse...

quando desejamos sua voz, é por que ela nos faz falta, e sabemos que vc fala, e fala muito com seu olhar que muitas vezes nos silencia, eu tenho aprendido a ler entre os seus olhos, e seus olhares que me encorajam ou me podam de ser, fazer, dizer... beijosss lindo post

Inês_Moraisinha disse...

Seus pensamentos, são escritos poeticamente e nos tocam o coração!
Seu trabalho foi concretizado.