quarta-feira, 23 de julho de 2008

Só ao lado

É sempre assim:
Ninguém leva a sério os sorridentes,
Não suportam os carentes,
Não se importam com os doentes
E estão todos ao seu lado!

Existe sempre alguém pra condenar...
Ninguém para errar,
Todos para criticar
E a culpa não é nossa!
Ninguém mais pára pra escutar,
Nem tem tempo pra conversar,
Tampouco para amar
E continuam todos aqui...
Haverá sempre alguém para julgar...
Sim, alguém para aconselhar,
Mas ninguém sabe em quem confiar.
Todo mundo quer saber;
Ninguém quer resolver;
Todos querem matar para não morrer.
Todos querem falar,
Opinar,
Mas no fim das contas, correm para se esconder.
Tem tanta gente ao meu lado...
Só ao lado...


Continuo só.



(Laiana Vieira.)

Um comentário:

ariadne disse...

Olá, vi seu trabalho no Overmundo e resolvi visitar o blog. Abraço .